segunda-feira, 16 de outubro de 2017

APODI-Prefeito de Apodi se compromete a repassar valores atrasados a APAMI.

(foto Ambrósio Melo)
Finalmente a Maternidade Claudina Pinto vai receber os valores que estão atrasados, e com isso o presidente da APAMI se compromete em pagar os salários dos funcionários atrasados, especialmente dos médicos, que desde o mês de setembro suspenderam os atendimentos.

Uma mobilização social estava sendo organizada para acontecer na próxima quarta feira, visando cobrar das entidades envolvidas uma solução para evitar o fechamento da Maternidade.

Contudo, o prefeito Alan Silveira se antecipou aos fatos e provocou uma reunião para essa segunda feira, convidando vereadores para se fazer presente.

A pressão população deu certo, e a prefeitura se comprometeu a repassar o valor referente ao mês de Setembro que estava atrasado, além do repasse da produtividade que vinha com um déficit de 98 mil, acumulado dos últimos meses.

Ao todo, serão repassados cerca de R$ 188 mil reais, que estavam sendo retidos pela prefeitura.

Fonte Radar Apodiense

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Acusado de mandar matar vigilante do IFRN de Apodi é preso.




Policiais civis e militares prenderam na manhã desta quinta-feira (21), em cumprimento a uma ordem judicial, um homem suspeito de ser o mandante do assassinato do vigilante do IFRN da cidade de Apodi, Francisco Cabral Neto, de 52 anos. O crime aconteceu no dia 11 de abril deste ano.

Segundo o delegado Renato Oliveira, o suspeito chama-se José Edilson Pereira da Silva, 32 anos, que também é vigilante. "Ele confessou o crime. Disse que mandou matar para se vingar de uma humilhação que teria sofrido após uma briga. Porém, eu acredito que o motivo foi outro. Ele fez isso para ficar com a vaga do colega. E acabou ficando”, afirmou o delegado.

"O José Edilson é quem sempre tirava as férias e folgas para o colega. Com a morte do Cabral Neto, advinha quem ficou no lugar dele? Claro que foi o José Edilson", acrescentou.

O executor foi um adolescente de 17 anos, que também confessou o crime. O rapaz foi apreendido no dia seguinte ao assassinato. “Inclusive, ele recebeu adiantado R$ 300 para fazer o serviço, e ainda deveria receber mais R$ 1.200”, revelou Renato Oliveira.

Ainda de acordo com Renato Oliveira, tanto o executor quanto o mandante são filhos de policiais militares. "O adolescente é filho de um cabo da PM. Já o vigilante, filho de um cabo aposentado", destacou.

Outra pessoa que também está presa, ainda de acordo com o delegado, é um jovem de 18 anos que intermediou o homicídio. “Esse jovem foi preso na semana passada. Ele também recebeu R$ 300. Foi justamente para conseguir uma pessoa para executar o crime. No caso, foi ele quem fechou o negócio com o adolescente”, acrescentou o delegado.

Ainda de acordo com Renato Oliveira, José Edilson foi preso em casa. Além de admitir ter encomendado a morte do colega, também confessou que foi ele quem deu carona ao adolescente no momento do assassinato. “Foi ele quem pilotou a moto. E, depois do assassinato, deu fuga para o menor”, concluiu.

Fonte do Blog Radar Apodiense.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Apodi-PREFEITURA MUNICIPAL NÃO APOIA COLETA SELETIVA DE LIXO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DE APODI


A Prefeitura Municipal de Apodi, no interior do Rio Grande do Norte, semanalmente posta e divulga fotos e artes sobre a coleta de lixo do município. E recentemente fez uma matéria sobre a problemática do Lixão do Município. 

Entretanto, quando se propõem um projeto que prevê a Coleta Seletiva de Lixo nas Instituições de Ensino, eles são contrários, irônico, não? 

O vereador Gilvan Alves (AVANTE), propôs um Projeto de Lei Municipal que foi Vetado Integralmente pelo Prefeito Municipal, Alan Silveira. O contraditório, é que o projeto apenas buscava disciplinar e regulamentar a coleta seletiva do lixo nos ambientes de ensino do nosso município. 

Veja o Artigo 3º do Projeto nº 060/2017: “A separação deve ser feita nas instituições de ensino de forma a incentivar a pratica por parte dos estudantes, agindo de forma instrutiva e socialmente comprometida.”


Visto isso, podemos observar que o Projeto de Lei buscava a iniciação de uma cultura e costume continuo para que toda a população de Apodi, possa conscientizar-se e cuidar melhor do lixo produzido nas suas casas e trabalhos. 

Porém, para o prefeito Municipal, que assinou e vetou integralmente o projeto, o projeto vai contra o interesse público.

Pois é. Enquanto todos os Municípios, Estados e países do mundo buscam políticas e metodologias disciplinadoras preocupados com o bem estar natural do planeta e, diminuir o alto índice de emissão de lixos na natureza, sem a devida separação e reciclagem, Apodi, através de seu prefeito, é contrário ao progresso e a sustentabilidade natural da cidade. 

Vale atentar que nosso município produz cerca de 10 toneladas diárias de lixo, que são dispensados de maneira irregular no lixão do município, que aliás, deve estar quase contaminando o lençol freático de água mineral.
Mas, pasmem, o Prefeito Alan Silveira, não demonstra muita preocupação sobre o assunto. Haja vista o veto no Projeto de Lei que foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal.

Fonte do Blog Radar Apodiense 






terça-feira, 5 de setembro de 2017

APODI-Homem e mulher são presos acusados de tráfico de entorpecentes

(Acusados)



Por volta das 15;30hs da tarde desta segunda-feira (04/09) a central de Operações da Policia Militar recebeu uma denuncia anônima informando que um indivíduo estava vindo da cidade de Mossoró com drogas pra ser entregue a uma mulher moradora da Baixa do CAIC, região periférica de Apodi.

De imediato o Tenente Júlio Batista, juntamente com o Sgt. Xavier e os Cb`s. J. Maia e Nilson, montaram uma campana no referido bairro, e por volta das 18:30, realizaram uma abordagem a um veículo suspeito que trafegava no setor, e ao ser feita uma revista minuciosa, foi encontrado com a pessoa de Kaliton Kaio de Souza Marcelino, de 18 anos de idade, natural de Mossoró, 21 (vinte e uma) pedras de crack, pesando aproximadamente 200 gramas.
(Crack e Dinheiro Aprendido)

Ao ser indagado sobre a droga, Kaio informou que foi contratado apenas pra levar a droga até a pessoa de Rita de Cassia, na baixa do CAIC, e ainda mostrou no seu celular, ligações da mesma, que era o destino da droga.

Diante dos indícios, os policias foram até a casa da suspeita, e lá apreenderam a quantia de 160 reais e um aparelho celular da marca samsung. Os suspeitos juntamente com todo o material apreendido foram conduzidos a delegacia de policia civil de Apodi onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

Kaliton Kaio de Souza Marcelinho ficará recolhido no centro de detenção provisória à disposição da justiça e Rita de Cássia será encaminhada para o presidio feminino na cidade de Mossoró/RN.

Informações do Sentinelas do Apodi.

Fonte Do Blog Radar Apodiense

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Apodi-Estradas vicinais estão intransitáveis em Apodi.



Após receber diversas reclamações de que as estradas vicinais do município de Apodi se encontram intransitáveis o presidente da Câmara Municipal de Apodi Genivan Varela constatou que na região da pedra as estradas se encontram totalmente intransitáveis.

"As estradas vicinais na região da pedra nas comunidades de Cápua, Prado, Bezerro, Mucambo, Pitombeira, Rapé, Traíra, Ação, Grossos e Barro Vermelho estão abandonadas por parte da gestão atual,  vamos intensificar as cobranças para que o  prefeito possa se sensibilizar e fazer a recuperação urgente dessas importante estradas do nosso município", disse Genivan Varela.

O problema das estradas vicinais é antigo e se encontram generalizado nas 4 regiões de Apodi (Pedra, Vale, Chapada e Areia), o prefeito Alan Pinto deveria seguir o exemplo do Prefeito de Caraúbas Juninho Alves que em 8 meses de gestão já recuperou quase todas as estradas vicinais daquele município. 

(Foto Ambrósio Melo)

(Foto Ambrósio Melo)

(Foto Ambrósio Melo)

(Foto Ambrósio Melo)

(Foto Ambrósio Melo)

(Foto Ambrósio Melo)
Fonte do Blog Radar Apodiense.